7 materiais odontológicos que não podem faltar em seu consultório

7 materiais odontológicos que não podem faltar em seu consultório

Os materiais odontológicos são parte fundamental do trabalho de um cirurgião-dentista. 

Além de serem as ferramentas de trabalho dos profissionais, os equipamentos garantem mais segurança para os pacientes, diagnósticos precisos e procedimentos mais eficazes. 

Você está pensando em montar um consultório ou atualizar os seus equipamentos? Então, esse texto foi feito para você! Acompanhe com a gente.

7 materiais odontológicos que não podem faltar em seu consultório

Instrumentos básicos

instrumentos odontológicos

Os instrumentos manuais são os materiais odontológicos mais conhecidos pelos pacientes, uma vez que são utilizados em todas as especialidades da Odontologia.

Listamos aqui os principais: 

  • Espelho – ajuda o profissional a visualizar a cavidade bucal em mais detalhes;
  • Pinça – auxilia na introdução ou retirada de materiais;
  • Broca – remove compostos odontológicos antigos e prepara a cavidade oral para restauração;
  • Fórceps – auxilia na extração de dentes de leite, encavalados etc;
  • Hollembeck – facilita a inserção de material pastoso como as resinas;
  • Cortantes – por possuir pontas afiadas, esses instrumentos são indicados para acabamentos nas paredes das cavidades.

Conjunto odontológico

Assim como os instrumentos são essenciais para o cuidado com a saúde bucal do paciente, o conjunto odontológico reúne uma série de equipamentos básicos para qualquer clínica odontológica de qualidade. São eles: 

  • cadeira – conforto e segurança para os pacientes e dentistas; 
  • pedal de comandoajusta a inclinação e altura da cadeira, além de comandar a rotação dos instrumentos;
  • mesa do equipo – dá suporte para as peças de mão com encaixes para seringa, mangueiras e bandeja;
  • suctora – possui cuba acoplada e sugador;
  • refletor – facilita a visualização da cavidade oral com lâmpadas de LED;
  • mocho – a cadeira utilizada pelos profissionais durante os tratamentos deve oferecer regulagem e boa ergonomia.

Autoclave

A autoclave é a responsável por esterilizar os instrumentos utilizados nas consultas.

Em suma, esse material odontológico cria condições ideais de calor e pressão para eliminar quaisquer microrganismos presentes nas ferramentas. 

De modo geral, a autoclave e a estufa possuem a mesma função. No entanto, o primeiro equipamento é o mais recomendado, pois a sua porta trava durante o procedimento de esterilização garantindo mais segurança e agilidade. 

Compressor

A função deste material é fornecer ar comprimido para o pleno funcionamento de outros equipamentos, como o sugador e a cadeira do dentista.

Apesar de existirem diferentes marcas e modelos, o papel do compressor é o mesmo dentro do âmbito odontológico.

Assim sendo, o principal ponto de atenção com o material odontológico é em relação a sua localização dentro do consultório.

Uma vez que o compressor deve fornecer ar puro para os demais aparelhos, ele precisa ser instalado fora da sala de consulta, pois faz muito barulho, e em um local arejado e longe de risco de contaminações. 

Dessa forma, o ideal é desenvolver uma tubulação central planejada para o equipamento como uma espécie de rede de distribuição para os outros materiais odontológicos

Equipamento de raio X

O material odontológico possibilita um diagnóstico preciso sobre quadros invisíveis ao olho nu. 

Por se tratar de um equipamento de extrema importância para os tratamentos, cada vez mais as clínicas e consultórios estão investindo no equipamento, ao invés de terceirizar o serviço. 

Embora os raios X envolvam radiação, os níveis de exposição dentro da odontologia são tão baixos que são considerados seguros para crianças e adultos. 

Além disso, os avanços na tomografia computadorizada de feixe cônico oferecem exames de Raio X com mais velocidade e simplicidade. 

Ao mesmo tempo, garante mais segurança e bem-estar, tanto para os pacientes quanto para os profissionais que operam os aparelhos, devido a diminuição das doses de radiação.

Tecnologia na odontologia: como os avanços tecnológicos estão revolucionando o setor

Resina

A resina composta é usada como um material restaurador direto para a substituição da dentina e do esmalte perdidos. Dessa forma, ela é responsável por alterar a forma e a cor dos dentes a fim de melhorar a estética. 

Só para exemplificar, a resina serve para fechar diastemas e alterar o comprimento e o contorno dos dentes.

Fotopolimerizador

Em seguida, para ativar reações em materiais à base de resina e fixá-las nos dentes utilizamos o fotopolimerizador. 

Hoje, quase todas as resinas compostas, adesivos dentais e cimentos cirúrgicos utilizam a energia da luz para a polimerização completa, o que determina ainda mais o sucesso clínico de longo prazo de um procedimento. 

Materiais descartáveis

materiais odontológicos descartáveis

Segundo as principais normas de biossegurança na Odontologia, as clínicas e consultórios precisam descartar diversos materiais ao longo do atendimento. 

Entre os materiais descartáveis mais comuns estão: 

  • Luva e máscara
  • Algodão
  • Gaze
  • Abaixador de língua
  • Seringa
  • Sugadores plásticos
  • Curativos

Por isso, é fundamental manter uma gestão de estoque desses materiais odontológicos e, ao mesmo tempo, investir em uma compra maior para diminuir as chances dos imprevistos.

Além disso, ao optar por comprar um volume maior de produtos, fica mais fácil negociar o preço ou data de entrega com o seu fornecedor. 

Ademais, as práticas de biossegurança se estendem ao descarte dos materiais.

De acordo com regulamentações estabelecidas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o descarte deve seguir as indicações de lixo infectante e também lixo para materiais cortantes.

Uma gestão facilitada para o seu consultório odontológico

Agora que você conhece os principais materiais odontológicos, fica mais fácil ter uma gestão estratégica sobre eles dentro da sua clínica ou consultório.

Além de identificar se está faltando algum equipamento essencial para a sua rotina, criar uma planilha de estoque e, como citamos anteriormente, precaver-se contra situações inesperadas garante qualidade em cada detalhe.

Outra dica simples, mas que faz total diferença no cuidado e atenção de cada paciente é o uso de um software odontológico.

Com o Codental, você tem acesso a anamnese e todas as informações do paciente em um único lugar. 

Dessa forma, você consegue oferecer um atendimento personalizado e gerir melhor o tempo da sua consulta preparando os instrumentos e equipamentos para um paciente que demande um cuidado especial. 

Estamos à disposição para bater um papo e explicar como o nosso software odontológico pode otimizar o seu dia. Agende sua conversa com a gente

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *